Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

123milhas cria site para consumidores lesados cobrarem reembolso

Página na Internet receberá todos os documentos que comprovem as compras feitas pelos clientes

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 7 jun 2024, 08h52 - Publicado em 3 jun 2024, 14h30

A administração judicial da 123milhas criou recentemente um site, a pedido da Justiça de Minas Gerais, para reunir os dados de todos os consumidores lesados pela empresa. O portal também apresentará os valores a receber pelos pacotes de viagem vendidos, mas não disponibilizados.

O site receberá todos os documentos que comprovem as compras feitas pelos consumidores, como, por exemplo, o e-mail com o pagamento aprovado, fatura do cartão, e-mail da empresa confirmando a contratação do pacote, entre outros dados.

A Fundação Procon de São Paulo, que em dezembro do ano passado ingressou como Amicus Curiae no Processo de Recuperação Judicial da 123milhas, vai apresentar pedido para que todos os dados dos consumidores que registraram reclamações à época e que já foram enviados para recuperação judicial, também sejam contemplados no referido site.

ATUALIZAÇÃO, 8h52 de 7/6/2024 — A RJ da empresa enviou ao Radar a seguinte nota: “O site rj123milhas.com.br foi criado pela administração judicial para ser o espaço oficial de informação aos credores sobre as classificações e créditos a eles atribuídos pelo Grupo 123milhas para fins da recuperação judicial. Ainda não há prazo em curso para que os credores verifiquem os créditos. A partir da publicação do link em Diário Oficial, o que depende de autorização judicial, os credores vão ter 15 dias corridos para checar os créditos e encaminhar eventuais informações sobre divergências e habilitações em caso de não identificação dos créditos. Após a autorização judicial para a publicação do edital contendo o link, a administração judicial vai iniciar a fase em que serão recebidas essas informações sobre eventuais divergências em relação à lista, bem como as habilitações referentes a credores que não encontrem seus nomes e créditos. Como próximos passos, além de se aguardar essa autorização judicial para a publicação do link contendo a lista de credores, a juíza do caso deve marcar uma audiência com a Administração Judicial, o Ministério Público e o Grupo 123milhas para fixar os próximos passos do processo da recuperação judicial.”

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.