Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar Econômico

Por Pedro Gil Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Preço de imóveis em grandes cidades sobe acima da inflação em 2024

Variação é maior em São Paulo do que no Rio de Janeiro

Por Felipe Erlich Atualizado em 9 Maio 2024, 15h02 - Publicado em 7 Maio 2024, 07h31

O preço de compra de imóveis em grandes cidades apresentou um aumento de 2,17% ao longo dos primeiros quatro meses de 2024. O número é superior aos resultados do IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) e do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) para o período — considerando o IPCA de janeiro a março e a “prévia” da inflação (IPCA-15) de abril, dado mais recente. No caso, os dois índices variaram -0,6% e 1,63%, respectivamente. A análise é de estudo da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em parceria com a plataforma Zap, voltada à venda e aluguel de imóveis, que considera 50 das maiores cidades brasileiras. Entre as áreas analisadas, as que têm apresentado as maiores altas de preços de imóveis em 2024 são Curitiba (6,54% de alta em quatro meses), João Pessoa (5,08%) e Recife (4,19%).

No acumulado dos últimos 12 meses, não foi diferente, o aumento do preço de compra dos imóveis subiu 5,76% contra uma variação de -3% e 3,51% do IGP-M e da inflação geral no período. Apenas no último mês de abril, a alta foi de 0,66%. Nas duas maiores cidades do país, São Paulo e Rio de Janeiro, as variações são menores do que nas demais. Em São Paulo, comprar um imóvel ficou 0,59% mais caro no último mês. No Rio de Janeiro, apenas 0,18% mais caro. Já no acumulado dos últimos 12 anos, o mercado imobiliário paulistano encareceu 4,93%, enquanto o do Rio de Janeiro, 1,57%. No entanto, o preço dos imóveis em ambas as cidades está em patamar semelhante, numa média de 10.8358 reais por metro quadrado em São Paulo, e 10.048 reais por metro quadrado no Rio de Janeiro.

Confira o ranking das 10 cidades analisadas com metro quadrado mais caro em abril de 2024:

  1. Balneário Camboriú (SC): 12.993 reais
  2. Itapema (SC): 12.806 reais
  3. Vitória (ES): 11.206 reais
  4. Florianópolis (SC): 11.144 reais
  5. Itajaí (SC): 10.894 reais
  6. São Paulo (SP): 10.858 reais
  7. Barueri (SP): 10.150 reais
  8. Rio de Janeiro (RJ): 10.048 reais
  9. Curitiba (PR): 9.663 reais
  10. Brasília (DF): 9.133 reais

Valor médio das cidades analisadas: 8.902 reais por metro quadrado

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.