Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Victor Irajá
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Por que o Mercado Livre “venceu” o Magalu na Black Friday

VEJA Mercado: analistas entendem que a varejista continua a divergir positivamente em relação às tendências do setor

Por Diego Gimenes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 28 nov 2023, 17h18 - Publicado em 27 nov 2023, 16h40

O Mercado Livre é considerado o grande vencedor da Black Friday de 2023 na avaliação de grandes instituições financeiras. A varejista informou que apresentou aumento de 80% no chamado GMV, o volume bruto de mercadorias, entre quinta e sexta-feira da semana passada. No acumulado de novembro, os analistas do banco Morgan Stanley afirmam que o aumento foi de 39%. “No Brasil, vemos o Mercado Livre continuando a divergir positivamente das tendências do setor”, escrevem os analistas em relatório enviado a clientes.

Em relação ao Magazine Luiza, a avaliação é que a tendência de lucro já era negativa antes da Black Friday. “De qualquer forma, saudamos a abordagem mais racional sobre o compromisso entre crescimento e rentabilidade, que pode trazer uma comparação saudável para todo o setor”, afirmam os analistas do Bradesco BBI em relatório sobre a companhia. A empresa divulgou oficialmente que teve a Black Friday “mais rentável da história” e que as vendas em lojas físicas cresceram na casa dos dois dígitos na base anual.

Por volta das 16h30, as ações do Mercado Livre subiam 4% na Nasdaq, enquanto os papéis do Magalu recuavam 2% na B3.

Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.