Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico

Por Pedro Gil (interino)
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Por que a Qualcomm desistiu de produzir chips em São Paulo

Companhia suspendeu a construção de uma fábrica no interior do estado

Por Machado da Costa Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 25 set 2020, 12h48

A fabricante americana de chips Qualcomm está suspendendo a construção de uma fábrica na cidade de Jaguariúna, no interior de São Paulo. A planta estava sendo criada para a fabricação de chipsets para aparelhos celulares 4G. A empresa cita questões tributárias e o avanço da tecnologia 5G como motivos para a mudança de planos. Não há previsão de que o projeto será retomado.

Veja a nota da Qualcomm enviada ao Radar Econômico:

O QSiP, ou Snapdragon SiP, foi um projeto desenvolvido para permitir um time-to-market mais rápido e com menores custos de desenvolvimento para as OEMs (fabricantes de smartphone e outros equipamentos de comunicação) que lançam produtos no Brasil. Os primeiros dispositivos usando a tecnologia SiP foram lançados com sucesso pela Asus em 2019. Mudanças inesperadas na estrutura tributária de produtos baseados em SiP, bem como dificuldades causadas pela pandemia covid-19, causaram atrasos o projeto. Com a evolução rápida da tecnologia 5G, as oportunidades para o SiP baseado em 4G tornaram-se mais limitadas. Por esse motivo, a Qualcomm decidiu cancelar o projeto SiP. Não há planos de retomada do projeto no Brasil.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.