Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar Econômico

Por Pedro Gil Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Brasil precisa se comunicar mais com o mundo, diz FII Institute

A opinião é de Richard Attias, CEO do Future Investment Initiative (FII) Institute

Por Juliana Machado Atualizado em 12 jun 2024, 16h28 - Publicado em 12 jun 2024, 15h32

Existe uma falta de comunicação sobre quem é o Brasil para o mundo. Apesar da evolução do país ao longo das últimas décadas, o investidor estrangeiro não uma visão clara a respeito do que vem sendo feito no país em termos de oportunidades de investimento. A opinião é de Richard Attias, CEO do Future Investment Initiative (FII) Institute, organização apoiada pelo fundo soberano da Arábia Saudita (FIP) e idealizada pela família real saudita para buscar oportunidade de investimentos globalmente.

Attias é um dos principais responsáveis FII Priority na América Latina, conferência de investimentos sediada no Brasil e que ocorre nesta semana, com participação de investidores internacionais, presidente de grandes companhias e líderes políticos, em especial da Arábia Saudita.

“É preciso aproveitar o espaço de grandes eventos como G20 e a COP 30 em 2025 para apresentar o que vem sendo feito no Brasil e o que o país tem a oferecer para grandes porta-vozes globais”, disse Attias a VEJA. “Há falta de entendimento global sobre o que a América Latina e o Brasil têm a oferecer atualmente e o sul global precisa ser melhor representado.”

Attias menciona que alguns setores são os mais relevantes para o investimento no Brasil e devem atrair a atenção internacional, como nos segmentos de mineração, recursos naturais, infraestrutura, energia renovável, alimentos, agricultura, agronegócio e serviços financeiros. “O que os estrangeiros querem é entender qual a visão estratégica do país, as prioridades, a governança, como o sistema funciona e quais projetos existem hoje no curto e médio prazo que possam trazer importante retorno.”

Ele também citou que o investidor estrangeiro, por muitas vezes, tem uma visão turva a respeito da América Latina, diante de fatores como a volatilidade da moeda e os receios quanto à estabilidade do sistema político. “Por isso se faz necessário criar espaços para que os líderes nacionais, CEOs e governantes possam explicar e expor quem eles são, o que fazem e onde querem chegar.”

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.