Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Victor Irajá
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

A contradição do governo caso confirme entrada na Opep+

VEJA Mercado: organização regula os preços do petróleo no mercado internacional e convidou o Brasil a integrar o comitê como aliado

Por Diego Gimenes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 1 dez 2023, 16h05 - Publicado em 1 dez 2023, 12h44

O Brasil foi oficialmente convidado a ingressar na Organização dos Países Exportadores de Petróleo e Aliados (Opep+). A entidade é composta por 13 países, como Arábia Saudita, Rússia e Venezuela. Outros produtores de petróleo, como Estados Unidos, Canadá e China, não fazem parte do comitê. A Opep+ é quem regula grande parte do mercado de petróleo no mundo. Na última quinta-feira, 30, a organização anunciou um corte voluntário de 2 milhões de barris por dia na produção global da commodity para o início de 2024. Não foi a primeira medida desse tipo neste ano. Os cortes são encarados no mercado como uma estratégia dos países para manter os preços do petróleo em patamares elevados. Nesta sexta-feira, 1°, o petróleo tipo brent é negociado a 80 dólares por barril.

A Opep emitiu uma nota em que confirma a entrada do Brasil como aliado na entidade a partir de 2024. Oficialmente, a Secretaria de Comunicação Social diz que não há uma decisão sobre o assunto. A avaliação de alguns economistas é que a entrada do Brasil na Opep+ é incoerente com o discurso do governo. “É contraditório em relação ao que a gente precisa avançar por mais que seja só como observador. A matriz energética brasileira é bastante limpa e uma entrada na Opep soaria como contraditória por tudo que sinalizamos ao mundo. É um discurso diferente do que a gente deveria e tem condições de mostrar a essa altura”, afirma Sergio Vale em entrevista ao programa VEJA Mercado.

Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.