Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

Indústria e governo vão à Alemanha discutir transição energética

Entenda

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 12h20 - Publicado em 15 abr 2024, 17h35

Enquanto a crise econômica brasileira não consegue ser superada, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) promove, no dia 22 de abril, o Fórum Brasil-Alemanha no Centro de Convenções da Hannover Messe para discutir a parceria e debater temas estratégicos como segurança e transição energética, bem como apresentar projetos regionais de transição verde. A Alemanha é o 4º parceiro comercial do Brasil. Em 2023, a corrente de comércio entre os países foi de US$ 18,79 bilhões.

O evento ocorre durante a tradicional Feira de Hannover, principal evento internacional de tecnologia para a indústria e de tendências para o segmento industrial e manufatura avançada, entre os dias 22 e 26 de abril, com o tema “Energizando a Indústria Sustentável”. O tema é uma das prioridades para a neoindustrialização brasileira e está alinhado ao Plano de Retomada da Indústria, entregue ao governo brasileiro pela CNI.

Estudo recente da CNI mostrou que será necessário um investimento de cerca de R$ 40 bilhões, até 2050, para descarbonizar os setores que mais consomem energia nos processos produtivos. Por exemplo, o cimento e a siderurgia podem reduzir 499 milhões de toneladas de CO² até 2050. A cifra é alta e, por isso, a indústria brasileira precisará de financiamento. Para a CNI, aproximar a relação comercial com a Alemanha pode ajudar o Brasil a descarbonizar sua economia e a atingir a meta climática de reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 48% até 2025 e em 53% até 2030.

O Fórum Brasil-Alemanha é realizado em parceria com a Federação das Indústrias Alemãs e com apoio da Embaixada do Brasil em Berlim, da ApexBrasil e da Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo.  

Continua após a publicidade

A Parceria Estratégica Brasil-Alemanha foi estabelecida em 2002 e relançada em 2023 pelo atual governo brasileiro. O foco da parceria é o fortalecimento da cooperação no enfrentamento dos desafios globais, com destaque para a expansão das energias renováveis, o combate às alterações climáticas e o combate à pobreza.

PSA indústria brasileira participará de todos os dias da Feira de Hannover, representada por 300 empresários industriais de todo país, com apoio da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) e da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG). Estão previstos para esta edição da feira quatro mil expositores de cerca de 150 países, com destaque para empresas dos setores mecânico, elétrico, digital e de energia.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.