Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Confinamento leva brasileiro a investir na decoração do lar

Espécie de terapia no isolamento da pandemia, pequenas mudanças de decoração e conforto em casa alavancaram setor

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 13 jul 2020, 10h46 - Publicado em 13 jul 2020, 10h32

O isolamento social imposto pela pandemia levou o brasileiro a ficar mais tempo dentro de casa. As restrições de mobilidade e a preocupação com o conforto doméstico acabaram incentivando novas fornas de gastar o tempo na internet, com o crescimento no comércio de itens de decoração.

É o que aponta um levantamento da plataforma OLX. Na comparação entre março e junho, a busca por almofadas teve aumento de 494%, os vasos tiveram crescimento de 201% e os quadros 187%. Na sequência, lustres (134%), espelhos (129%) e papel de parede (129%).

ASSINE VEJA

Vacina contra a Covid-19: falta pouco Leia nesta edição: os voluntários brasileiros na linha de frente da corrida pelo imunizante e o discurso negacionista de Bolsonaro após a contaminação
Clique e Assine

Quem já passou horas na frente do computador pesquisando uma composição de quadros ou aquele vaso legal sabe como esse tipo de programa se tornou uma espécie de “terapia” na pandemia.

Publicidade