Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Vereadores de SP querem renda mínima para taxistas durante pandemia

Vereadores Toninho Vespoli (PSOL) e Adilson Amadeu (DEM) propõem salário mínimo para motoristas até o final da pandemia do novo coronavírus.

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 13 Maio 2020, 12h32 - Publicado em 13 Maio 2020, 11h32

A pandemia do novo coronavírus uniu interesses de dois partidos bem distantes um do outro no espectro ideológico. Os vereadores paulistanos Toninho Vespoli, do PSOL, e Adilson Amadeu, do DEM, assinam juntos um projeto de lei para conceder aos motoristas de táxi e transporte escolar o equivalente a um salário mínimo por mês. A ideia é conceder o benefício até o final da pandemia.

A proposta visa diminuir os impactos econômicos das famílias desses trabalhadores. O projeto de lei foi apresentado na sexta-feira e vai ao plenário da Câmara de Vereadores de São Paulo nos próximos dias. Caso aprovado, segue para sanção do prefeito Bruno Covas.

Publicidade