Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Previc mantém sindicância sobre Postalis no ponto morto

Dois executivos pediram para ser ouvidos, mas ainda não prestaram depoimento

A Previc abriu uma sindicância para investigar as suspeitas de maracutaias no Postalis logo após decretar intervenção no fundo de pensão dos Correios, em novembro.

E até agora, nada.

Boletins internos indicam que a apuração, com prazo de 120 dias para ser concluída, não avançou nem um milímetro.

Pelo menos dois executivos do Postalis pediram espontaneamente para prestar depoimento e não foram ouvidos – se é que alguém já foi.

Os trabalhos, porém, foram renovados por mais 120 dias.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s