Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Mercado odontológico sente os efeitos da pandemia

Expectativa de crescimento é a menor dos últimos seis anos

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 29 Jun 2020, 14h32 - Publicado em 29 Jun 2020, 13h32

Entre 2013 e 2019, o mercado de planos exclusivamente odontológicos cresceu anualmente, em média, 6%. Para o primeiro trimestre de 2021, a expectativa é de 1,5% de crescimento, a menor dos últimos seis anos.

ASSINE VEJA

Wassef: ‘Fiz para proteger o presidente’ Leia nesta edição: entrevista exclusiva com o advogado que escondeu Fabrício Queiroz, a estabilização no número de mortes por Covid-19 no Brasil e os novos caminhos para a educação
Clique e Assine

Os dados são do SINOG (Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo), entidade que representa 77,3% das empresas de odontologia e medicina de grupo em atuação no país.

Para o segmento odontológico, a previsão é de apenas 0,6% de crescimento entre o primeiro e o segundo trimestre de 2020, enquanto o segmento médico-hospitalar terá redução de 0,42%.

Publicidade