Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Janot: misto de admiração e desconfiança em Davos

Procurador-geral é visto com admiração, mas também desconfiança

Por Ernesto Neves 23 jan 2017, 11h55

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi recebido no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, com sentimentos dúbios.

Se, por um lado, os investidores mostraram admiração pela luta contra a corrupção, há também desconfiança. Causou desconforto, principalmente, sua afirmação de que a Lava-Jato é uma operação pró-mercado.

Neste momento, boa parte dos ouvintes discordou. Acham que a operação tem efeito paralisante excessivo na economia.

Publicidade