Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cade tem nova briga de cachorro grande na área de transporte de valores

Representação questiona licitação na Caixa e Banco do Brasil

Por Pedro Carvalho - Atualizado em 29 nov 2019, 16h25 - Publicado em 29 nov 2019, 15h25

A Fenaval, entidade que reúne gigantes do transporte de valores, acionou o Cade por causa das licitações para contratação de carros-fortes da Caixa e do Banco no Brasil.

A entidade argumenta que as concorrências estão sendo vencidas por valores muito inferiores aos praticados em anos anteriores.

A representação tem como alvo a TBForte, que tem 8% de share, mas acaba obrigando as maiores empresas do setor a baixar suas propostas.

Na briga, a Fenaval representa as multinacionais Prosegur (Espanha) e Brink’s (EUA) e a brasileira Protege, que concentram 80% do mercado.

Publicidade