Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

O que Dilma Rousseff e Paulo Guedes têm em comum

Ministro da Economia e ex-presidente não ficaram satisfeitos com capas da The Economist

Por Victor Irajá 16 nov 2021, 13h13

“Ano que vem continuam errando, subestimando o Brasil. Não vou falar quanto vamos crescer, mas, da mesma forma que subestimaram quando a gente caiu, isso acontece de novo agora”, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes, no sábado 13. “Deveriam olhar um pouquinho para o próprio umbigo, lá para dentro da Inglaterra que está em maus lençóis”, completou. “Em hipótese alguma, o governo brasileiro, eleito pelo voto direto e secreto do povo brasileiro, vai ser influenciado pela opinião de uma revista que não seja brasileira”, disse a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em dezembro de 2012.

As duas falas se baseiam em reportagens da revista britânica The Economist, que criticam as diretrizes da economia brasileira sob a petista e sob o presidente Jair Bolsonaro. Na ocasião, Dilma se queixava a respeito da capa que apontava os péssimos rumos da economia brasileira sob sua batuta. Agora, o ministro da Economia ataca a reportagem que aponta como o presidente Jair Bolsonaro é nocivo para a economia. Comunista a meca dos investidores não é.

Publicidade