Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

FMI alerta para riscos de inflação e novas variantes do coronavírus

Fundo estima que o PIB mundial vai crescer 6%, em 2021, mas clama por acordo global de vacinação

Por Josette Goulart 27 jul 2021, 11h25

O Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou mais uma vez nesta terça-feira, 27, que os riscos negativos em torno da pandemia continuam rondando o mundo. O FMI alerta que se os países não fizerem esforços para implantar uma cooperação global de vacinas, novas variantes vão continuar surgindo e ameaçando a economia até de países com altos índices de vacinação. O fundo também alertou que apesar de acreditar que as recentes pressões sobre os preços serem transitórias, existe o risco de que elas possam se tornar mais persistentes e os bancos centrais possam precisar tomar medidas preventivas. “Um golpe duplo para o mercado emergente e as economias em desenvolvimento, devido ao agravamento da dinâmica da pandemia e às condições financeiras externas mais restritivas, atrasaria severamente sua recuperação e arrastaria o crescimento global abaixo da linha de base desta perspectiva”, disse o FMI.

A expectativa média do FMI para o PIB mundial é de um crescimento de 6% em 2021 e 4,9% em 2022. No Brasil, a expectativa é de um crescimento de 5,3% em 2021 e 1,9% em 2022. 

Publicidade