Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Brasil precisaria de duas Belo Monte para abastecer carros elétricos

Consumo da frota brasileira seria o equivalente ao consumo de metade do estado de São Paulo

Por Josette Goulart Atualizado em 5 Maio 2021, 15h43 - Publicado em 5 Maio 2021, 14h16

O carro elétrico ainda é pouquíssimo usado no Brasil e são poucos os postos para abastecimento. Mesmo no mundo, apesar do forte crescimento das vendas da Tesla e com montadoras e big techs entrando neste mercado, estima-se que circulem 3,25 milhões de carros elétricos em 80 países. Apesar de impactar menos o meio ambiente por não queimar gás carbônico, o carro elétrico ainda assim tem impacto ambiental por conta da energia elétrica que consome. A pedido do Radar Econômico, o consultor Ricardo Lima, da Tempo Presente Consultoria, fez as contas de quantas usinas seriam necessárias para abastecer toda a frota de automóveis no Brasil. O consultor levou em conta dados da distribuidora de energia EDP, que mostram que para percorrer 100 km, um carro elétrico consome 14 kWh, e dados da consultoria KBB, que mostram que o brasileiro roda em média 1.100 km por mês com seu automóvel. Levando em conta que a usina hidrelétrica de Belo Monte, uma das maiores do país, gera em média 4.571 MW médios de energia, esse volume seria suficiente para abastecer  21,7 milhões de carros elétricos. A frota brasileira de automóveis é estimada em 43 milhões de unidades. Ou seja, se todos os carros que circulam no Brasil fossem elétricos, seriam necessárias pouco mais de duas usinas de Belo Monte para suprir a necessidade dos automóveis. É energia suficiente para abastecer metade de todo o estado de São Paulo. 

Publicidade