Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Blindagem de Tarcísio a cargos na Infraestrutura irrita parlamentares

Senadores afirmam que o ministro recusa-se a recebê-los e fechou as portas para o comando de autarquias

Por Victor Irajá Atualizado em 25 mar 2021, 21h25 - Publicado em 13 jan 2021, 17h01

Um grupo de senadores está furioso com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas por um motivo, vá lá, lisonjeiro para o chefe da Infraestrutura. Os senadores reclamam que o ministro, benquisto pelo presidente Jair Bolsonaro, está se achando “o grande nome da República”. Nome técnico escolhido para comandar a pasta de Orçamento nababesco, de 7,69 bilhões de reais no ano que vem, Tarcísio vem se negando a dividir o bolo com os congressistas e parlamentares acusam o ministro de nem recebê-los para tratar sobre projetos. 

Senadores, agora, levam a Bolsonaro o incômodo com o ministro desde que o chefe da Infraestrutura começou a blindar cargos e presidências de autarquias sob o chapéu da pasta, como a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), e secretarias do Ministério da Infraestrutura. Bolsonaro, por sua vez, confia no trabalho do ministro e, por ora, dá de ombros para a pressão.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade