Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

A Stone foi exposta, ou exposed, no termo da moda. O que ela fez?

Líder da fintech foi exposto em caso de assédio moral

Por Josette Goulart 15 jul 2021, 12h43

Um ex-funcionário da Stone fez barulho esta semana na rede social profissional LinkedIn ao publicar um print de uma mensagem postada no sistema de comunicação interna da fintech, uma das maiores do país. O print revelava que um dos líderes da área de infraestutura da empresa ameaçava seus subordinados de demissão por conta de um erro de processo. O tal líder dizia que o time tinha falhado no processo de execução e bloqueio de mudanças, sem aprovação. “Não vou aceitar que ninguém coloque essa empresa em risco”, disse ele. “Qualquer um de vcs será demitido em um novo caso, espero estar sendo bem claro (sic)”. Em 24 horas, a publicação teve quase 15 mil curtidas e centenas de comentários. Diante do exposed, para usar o termo da moda, de um claro caso de assédio moral, a Stone agiu rapidamente. Ontem, no fim do dia, o líder foi desligado da empresa. A Stone disse em nota que “não compactua com atitudes que possam criar clima de agressão, de desrespeito ou de humilhação a quem quer que seja” . O post foi excluído do LinkedIn e o ex-funcionário segue sendo ex-funcionário. 

Publicidade