Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

A questionadora carta que Jeff Bezos recebeu da União Europeia

Fundador da Amazon recebeu uma reclamação de autoridades europeias

Por Machado da Costa - Atualizado em 7 out 2020, 15h46 - Publicado em 7 out 2020, 15h35

Membros do Parlamento Europeu endereçaram uma carta aberta ao fundador da Amazon, Jeff Bezos. Eles estão preocupados com um possível monitoramento por parte da empresa de grupos de sindicalistas, grupos de ódio e, também, políticos europeus. A preocupação nasce de duas vagas de trabalho recentemente divulgadas pela Amazon. O carga seria “Analista de Inteligência” e requer domínio das línguas espanhol e francês.

“Gostaríamos de saber sobre suas intenções com grande preocupação: o monitoramento da Amazon visa intencionalmente sindicalistas, trabalhadores da Amazon, bem como representantes políticos (incluindo nós mesmos) que poderiam possivelmente expressar críticas às suas atividades?”, indagaram os parlamentares europeus. “Esperamos que sua resposta alivie nossas preocupações sobre os direitos sindicais e as liberdades políticas criadas por esses anúncios recentes para analistas de inteligência na Amazon”, conclui a carta assinada por 38 deputados da União Europeia. Leia a carta na íntegra aqui.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

 

Continua após a publicidade
Publicidade