Rio de Janeiro

Preso suspeito de assalto confundido com ator da Globo

Vítima havia reconhecido Vinícius Romão, que ficou preso 16 dias por engano

Suspeito de assalto Dione Mariano (à esquerda) e Vinicius Romão confundido pela vítima

Suspeito de assalto Dione Mariano (à esquerda) e Vinicius Romão confundido pela vítima (Luiz Ackermann/Extra/Agência O Globo)

A Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira, um suspeito de assalto na Zona Norte do Rio. Dione Mariano da Silva, de 24 anos, é acusado de ser o verdadeiro autor do crime pelo qual o ator global Vinícius Romão, de 27 anos, foi preso por engano. A vítima teria confundido Romão com Dione, segundo as investigações da 26ª DP (Todos os Santos). O novo suspeito do roubo tem passagens por furto e portava um revólver quando foi detido. Ele também foi autuado por porte ilegal de arma.

O psicólogo e ator Vinícius Romão ficou 16 dias encarcerado na Cadeia Pública Patrícia Acioli, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, e só ganhou a liberdade depois que a vítima confirmou ter se enganado. De acordo com os amigos, ele caminhava do trabalho (em um shopping) para casa quando foi abordado por PMs, que o mandaram deitar no chão. Foi revistado e levado algemado para a 25ª DP (Engenho Novo), onde a vítima o reconheceu.

Leia também:
"Há outros Vinícius na cadeia", diz ator preso por engano
Família de ator acusado de roubo quer processar o Estado

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados