Clique e assine com 88% de desconto

A guitarra elegante de Steve Hackett

O guitarrista fala de sua trajetória na música e de álbum lançado no ano passado

Por Da Redação - 28 jun 2018, 16h20

O guitarrista do Genesis e do GTR, duas lendas do rock progressivo, é o convidado da semana do VEJA Música. Steve Hackett integrou o Genesis de 1971 a 1977, onde ajudou a definir a linguagem desse subgênero do rock e criou inovações como o “hammering” – o ato de dar “tapas” nas cordas da guitarra, que mais tarde foi aperfeiçoado pelo holandês Eddie Van Halen.

Na entrevista, ele relata os métodos de composição do grupo e de como o anúncio de sua saída deu o nome a um dos discos ao vivo do Genesis. O GTR, projeto que criou ao lado de outro guitarrista, Steve Howie (do Yes), foi uma incursão de ambos pelo lado mais pop do progressivo.

No ano passado, o músico lançou The Night Siren, no qual mistura o rock tradicional com a música do Oriente Médio. Uma das canções do álbum, The Night Smoke, fala exatamente de maneira pouco simpática que a Europa trata os imigrantes vindos de países do Oriente. Hackett, que é filho de imigrantes judeus, fala da necessidade do continente em acolher essas pessoas. “Se isso vigorasse no período em que meus pais vieram para a Inglaterra, talvez eu jamais teria nascido.”

 

Publicidade