Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Por que o dólar continua subindo? VEJA Explica

Nesta semana, a moeda americana atingiu a cotação mais alta desde o Plano Real

Por Da Redação
Atualizado em 6 dez 2019, 16h20 - Publicado em 29 nov 2019, 07h00

Um recorde histórico foi atingido quando o dólar chegou a R$ 4,27 nesta semana. Esse aumento foi influenciado pela fala do ministro da Economia Paulo Guedes. Basicamente, ele avisou que é bom se acostumar com o câmbio mais alto por um bom tempo. O que assustou os investidores, que entenderam que o governo não pretende trabalhar pra baixar a moeda. Mas essa não é a única questão.

O juro baixo é uma delas. Com a taxa Selic a 5% ao ano, ficou mais barato pras grandes empresas tomar crédito no mercado interno e liquidar as dívidas no exterior. Além disso, muitos investidores costumam aplicar o dinheiro no Brasil pra ganhar juro alto. Quando ele baixa, eles tiram os valores daqui pra colocar em países com o juro mais alto.

A situação na Bolívia e os protestos no Chile, também pode ter assustado investidores mais conservadores. Descubra todos os outros motivos no VEJA Explica desta semana.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.