Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

A volta por cima do limão caipira

Saiba como cultivar o limão-cravo, o mais popular do país, que já foi desprezado por sua suposta falta de nobreza - e hoje virou ingrediente "gourmet"

Por Da Redação Atualizado em 25 abr 2018, 21h30 - Publicado em 24 abr 2018, 15h01

Nesse programa, Marcelo Marthe fala sobre o limão-cravo ou caipira (Citrus x limonia). Ele não é um limão verdadeiro, mas um híbrido dessa fruta com mexerica. Rústico e versátil, ele chegou ao Brasil no século XVII, trazido da Ásia pelos portugueses. Aqui, se espalhou até pelas matas. Cresce rápido e produz muito mesmo quando plantado de semente.

De bolos e doces a uma singela limonada, esse limão foi resgatado por uma nova geração de chefs de cozinha – e agora é cultivado até em sacadas de apartamento.

Mais fácil, e não menos prazeroso, é preparar um belo bolo caipira de limão-cravo. E a simplicidade, aí, não tem preço: como ocorre nas melhores aventuras culinárias, valorizar o ingrediente natural que se tem à mão é sempre incomparável. Confira esta receita básica:

MASSA

3 ovos

100g de manteiga ou margarina culinária

1 copo de iogurte natural

Raspas de dois limões-cravos

Suco de um limão-cravo grande (ou um e meio pequenos), sem sementes

1 e 1/2 xícara de açúcar

Continua após a publicidade

2 xícaras de farinha de trigo

1 pitada de sal

1 colher de sopa de fermento químico

 

PREPARO

Bata bem os ovos, o caldo de limão, a manteiga, o iogurte e o açúcar no liquidificador. Misture a farinha, o sal, as raspas de limão e o fermento em uma vasilha. Despeje a mistura do liquidificador na vasilha e mexa bem. Coloque em uma forma média ou alta e leve ao forno por 30-35 minutos a 180 graus.

 

COBERTURA (opcional)

Misture caldo de um limão com açúcar até produzir um creme grosso. Com uma colher ou pincel, passe a mistura sobre o bolo logo após retirá-lo do forno.

 

Continua após a publicidade

Publicidade