Clique e assine a partir de 8,90/mês

Vacina chinesa conclui etapa com 9 mil voluntários no Brasil

Na segunda etapa já aprovada pela Anvisa, serão incluídas mais 4 mil pessoas, de grupos com diferentes perfis, como já infectados e com mais de 60 anos

Por Da Redação - 14 out 2020, 19h23

Nesta quarta-feira, 14 de outubro, os testes com a vacina chinesa CoronaVac foram concluídos pelo Instituto Butantan. Nesta etapa, nenhum dos mais de nove mil voluntários registrou efeitos colaterais graves após receber a dosagem, além disso, os primeiros resultados apontam que a produção de anticorpos foi positiva. Detalhes mais precisos devem ser anunciados até o fim desta semana. Agora um novo estágio de testes começa: mais 4 mil pessoas, de diferentes perfis, receberão a vacina.

Na Europa, a companhia norte-americana Moderna declarou em nota que sua vacina está apta para solicitar o registro na Agência Europeia de Medicamentos. O antígeno teve bons resultados nas duas primeiras fases de testes e, até então, vem se mostrando seguro. O processo, mesmo com a fase 3 de testes incompleta, deve agilizar o processo de disponibilização do imunizante.

Nas últimas 24 horas, foram 27.235 novos casos de coronavírus e 749 mortes causadas pela doença, de acordo com dados do Ministério da Saúde. No total, o país acumula agora 5.140.863 infectados, 151.747 óbitos e 4.568.813 recuperados. A média móvel dos últimos sete dias é de 20.024 casos e de 503 mortes.

Leia mais sobre a pandemia de coronavírus: http://abr.ai/coronavirus-ultimas

Continua após a publicidade
Publicidade