Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Tragédia de Mariana: 4 empresas e 22 pessoas serão julgadas

Acompanhe o ‘Giro VEJA’ desta sexta-feira

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 15h13 - Publicado em 18 nov 2016, 12h52

Justiça aceitou a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal no mês passado. A Rússia bloqueou a rede social LinkedIn porque a empresa não quis disponibilizar dados pessoais dos usuários.

 

Publicidade