Clique e assine com até 92% de desconto

Terror em Las Vegas: Trump chama ataque de ‘pura maldade’

Atentado deixou ao menos 58 mortos e mais de 500 feridos. Acompanhe o ‘Giro VEJA’

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 14h20 - Publicado em 2 out 2017, 17h24

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, classificou o ataque em Las Vegas como um “ato de pura maldade” e não fez menção a terrorismo. Trump também anunciou que vai visitar a cidade na quarta-feira.

O número de mortos no atentado desta madrugada subiu para 58 pessoas. Mais de 500 ficaram feridas. A ação é considerada o ataque a tiros mais letal da história dos Estados Unidos.

Stephen Paddock, de 64 anos, abriu fogo contra o público de um festival de música, no qual estavam 22.000 pessoas. Segundo a polícia, Paddock cometeu suicídio antes de as forças de segurança chegarem ao local. Dez armas foram encontradas com ele.

Ainda não se sabe o motivo do crime, mas Paddock foi classificado pela polícia como “lobo solitário”. O Estado Islâmico reivindicou o ataque, mas o FBI, a polícia federal americana, disse que não encontrou nenhuma conexão entre o atirador e grupos terroristas internacionais.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade