Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Queiroga adia para setembro o fim da imunização do grupo prioritário

O prazo anterior, estabelecido ainda na gestão de Eduardo Pazuello, era de que todos do grupo prioritário estivessem vacinados até o fim de maio

Por Da Redação 22 abr 2021, 21h15

Nesta quinta-feira, 22 de abril, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga anunciou que a previsão da pasta para o fim da vacinação do grupo prioritário foi adiada para o mês de setembro. Anteriormente, a meta era vacinar todos os 77,2 milhões que compõem o grupo até o fim de maio. A aplicação prioritária é destinada a idosos, índios, profissionais de saúde, adultos com comorbidades, professores, agentes de segurança pública e caminhoneiros.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 45.178 novos casos de coronavírus e 2.027 mortes causadas pela doença, de acordo com dados do Ministério da Saúde. No total, o país acumula agora 14.167.973 infectados, 383.502 óbitos e 12.673.785 recuperados. A média móvel dos últimos sete dias é de 60.185 casos e de 2.580 mortes. No Brasil, 27.739.299 pessoas receberam a primeira dose da vacina e 11.214.204 a segunda. No mundo, 944 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 já foram aplicadas.

Leia mais sobre a pandemia de coronavírus: http://abr.ai/coronavirus-ultimas

Publicidade