Clique e assine com até 92% de desconto

Pfizer pede autorização nos EUA para uso emergencial de vacina

Solicitação vem após os resultados finais do ensaio que mostraram que a vacina foi 95% eficaz na prevenção da Covid-19

Por Da Redação 20 nov 2020, 22h11

Nesta sexta-feira, 20 de novembro, a Covaxx, vacina para a Covid-19 que está sob a gestão da biofarmacêutica americana United Biomedical, deve começar a ser testada no Brasil em janeiro. O estudo de fases 2 e 3 será coordenado pelo laboratório Dasa, especializado em medicina diagnóstica.

A Pfizer informou que solicitou a FDA, órgão regulador da saúde dos Estados Unidos, a autorização para uso emergencial da sua vacina contra Covid-19. O pedido vem poucos dias depois de a companhia e sua parceira alemã, BioNTech, divulgarem que o antígeno mostrou 95% de eficácia na prevenção à doença.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 38.397 novos casos de coronavírus e 552 mortes causadas pela doença, de acordo com dados do Ministério da Saúde. No total, o país acumula agora 6.020.164 infectados, 168.613 óbitos e 5.422.102 recuperados. A média móvel dos últimos sete dias é de 29.930 casos e de 554 mortes.

Leia mais sobre a pandemia de coronavírus: http://abr.ai/coronavirus-ultimas

Continua após a publicidade
Publicidade