Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Moro conclui que recibos de Lula não são ‘materialmente falsos’

Ex-presidente é acusado de receber apartamento em São Bernardo do Campo como propina

Por Da Redação
Atualizado em 10 dez 2018, 14h12 - Publicado em 7 fev 2018, 18h32

O juiz federal Sergio Moro concluiu nesta quarta-feira que os recibos apresentados pelo ex-presidente Lula não são “materialmente falsos”. 

No ano passado, a defesa do ex-presidente entregou à Justiça 31 recibos para defender a tese de que o petista alugou o apartamento vizinho ao que ele mora, em São Bernardo do Campo. O Ministério Público Federal o acusa de ter recebido o imóvel da Odebrecht como forma de propina. Para a força-tarefa da Operação Lava Jato, os documentos são “ideologicamente falsos”.

Sobre essa questão de falsidade ideológica, Moro afirmou que isso só será resolvido na sentença, depois que forem finalizadas todas as fases do processo, o que ainda não tem data para acontecer.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.