Clique e assine a partir de 9,90/mês

Ministro da Saúde deixará governo para disputar eleição

Ricardo Barros ficará à frente da pasta até 7 de abril

Por Da Redação - Atualizado em 10 dez 2018, 14h26 - Publicado em 4 jan 2018, 17h12

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou nesta quinta-feira que vai deixar o governo para tentar a reeleição como deputado federal.

O anúncio foi feito durante uma entrevista coletiva sobre os gastos da pasta no ano passado.

Barros deve deixar o cargo em 7 de abril. Essa é data limite pela legislação para que funcionários públicos, que querem disputar as eleições, entreguem os cargos.

Nos últimos 30 dias, o presidente Michel Temer perdeu três ministros. Antonio Imbassahy deixou a Secretaria de Governo em dezembro. A pasta foi assumida por Carlos Marun.

Continua após a publicidade

Cristiane Brasil vai substituir Ronaldo Nogueira no Ministério do Trabalho e Marcos Pereira deixou nesta quarta-feira o cargo de ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Ainda não foi definido quem ficará no lugar dele.

Publicidade