Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Maioria da Segunda Turma do STF vota para manter prisão de Lula

Defesa do ex-presidente argumenta que ele não poderia ter sido preso porque ainda restavam embargos para serem apresentados na segunda instância

Por Da Redação Atualizado em 9 Maio 2018, 20h00 - Publicado em 9 Maio 2018, 19h57

A maioria dos ministros da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou dar liberdade ao ex-presidente Lula, preso desde 7 de abril na carceragem da Polícia Federal em Curitiba (PR).

A defesa do ex-presidente argumenta que o juiz federal Sergio Moro não podia ter decretado a prisão do petista porque ainda existiam embargos de declaração para serem apresentados ao Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF4).

Como o julgamento é virtual, os ministros têm até às 23h59 desta quarta-feira para apresentar seu voto.

  • Publicidade