Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Justiça suspende medida que permite privatização da Eletrobras

Juiz questionou a decisão do presidente Michel Temer que, segundo o magistrado, foi tomada no ‘apagar das luzes’

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 14h14 - Publicado em 11 jan 2018, 17h48

A Justiça Federal em Pernambuco suspendeu, de forma provisória, um dos partidos que permite a privatização da Eletrobras e de suas controladas. Na decisão, o juiz Cláudio Kitner afirma que o presidente Michel Temer não justificou a necessidade de uma Medida Provisória que foi aprovada “no apagar das luzes”. A ação julgada foi protocolada pelo deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE).

  • Publicidade