Clique e assine a partir de 9,90/mês

Giro Veja: STF suspende investigação contra Flávio Bolsonaro

Decisão do ministro Dias Toffoli se estende para qualquer pessoa investigada na mesma situação do filho do presidente

Por Da Redação - Atualizado em 17 jul 2019, 10h32 - Publicado em 16 jul 2019, 17h03

O Supremo Tribunal Federal decretou a suspensão da investigação contra o senador Flávio Bolsonaro, no caso Queiroz. A decisão, do ministro Dias Toffoli, impede o andamento de inquéritos baseados em compartilhamentos e dados bancários sem autorização judicial. Ela vale para todo o país e se estende para qualquer pessoa investigada na mesma situação do filho do presidente. O caso também envolve o ex-assessor do parlamentar, Fabrício Queiroz, que trabalhou no gabinete de Flávio, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, no período de 2007 a 2018. No ano de 2016, Queiroz movimentou mais de um milhão de reais na própria conta bancária, com depósitos e saques considerados atípicos pelo Coaf.

 

Giro Veja também destaca a posse de Gustavo Montezano como presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento. Ele afirmou que a primeira meta é explicar a “caixa-preta” do BNDES, defendida por Bolsonaro durante a campanha eleitoral. Como “caixa-preta”, o presidente se refere a contratos feitos durante os governos petistas com países como Cuba e Venezuela, por exemplo. 
Publicidade