Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Giro Veja: ONU e Macron se manifestam sobre queimadas na Amazônia

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, teve um pedido de impeachment protocolado nesta quinta-feira

Por Da Redação - Atualizado em 22 ago 2019, 18h40 - Publicado em 22 ago 2019, 18h38
As queimadas na Amazônia estão repercutindo pelo mundo. O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirmou pelo Twitter estar “profundamente preocupado” com os incêndios. “A Amazônia precisa ser protegida”, escreveu. O presidente da França, Emmanuel Macron, também se manifestou pela rede social: “Nossa casa está queimando. Literalmente. A Amazônia, o pulmão que produz 20% do oxigênio do nosso planeta – está em chamas. É uma crise internacional”. Macron convocou a cúpula do G7, que ocorre neste fim de semana em Biarritz, na França, para discutir de forma urgente o assunto. 

 

Giro VEJA também destaca o pedido de impeachment protocolado pela bancada da Rede Sustentabilidade contra o ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles. Ele é acusado pelo partido de violar a constituição ao mudar a governança do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Comuna) e também de omissão diante do aumento das queimadas na Amazônia. Desde primeiro de janeiro deste ano, até a última terça-feira, foram contabilizados mais de 74 mil focos de incêndios, um aumento de 84% em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe).
Publicidade