Clique e assine com 88% de desconto

Giro VEJA: Nova fase da operação Lava Jato investiga negócios de Lulinha

Procuradores apuram os repasses do grupo Oi/Telemar feitos a filho de Lula

Por Natália Nogueira, Da Redação - Atualizado em 10 dez 2019, 18h32 - Publicado em 10 dez 2019, 18h30

As apurações suspeitam de pagamentos superiores a 132 milhões de reais entre 2004 e 2016, sem qualquer justificativa, feitas pelo grupo Oi/Telemar em favor de empresas do grupo Gamecorp/Gol.

Fábio Luis Lula da Silva é sócio de Fernando Bittar, Kalil Bittar e Jonas Suassuna. A operação batizada de Mapa da Mina, foi autorizada pela 13ª Vara Federal de Curitiba. Segundo as investigações da polícia, o esquema era feito por meio de contratos de operadoras de telefonia, internet e TV por assinatura atuantes no Brasil e no exterior.

Publicidade