Clique e assine a partir de 9,90/mês

Giro Veja: Em carta, Lula se recusa a ir para semiaberto

"Não descansarei enquanto a verdade a justiça não voltarem a prevalecer", escreveu o ex-presidente

Por Da Redação - 30 set 2019, 18h12

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta segunda-feira, 30, que não aceitará a progressão do regime fechado para o semiaberto. Em uma carta, ele escreveu que “não aceita barganhar” os seus direitos e sua liberdade. Segundo o advogado Cristiano Zanin Martins, o petista quer que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise os pedidos de suspeição do ex-juiz federal Sergio Moro e dos integrantes da força-tarefa, “para que haja justiça independente e imparcial”.

 

Na última semana, o ex-presidente alcançou um sexto da pena e a Lava Jato de Curitiba pediu a progressão para o semiaberto. Lula cumpre pena por corrupção e lavagem de dinheiro.

Publicidade