Clique e assine a partir de 9,90/mês

Giro Veja: Bolsonaro diz que Witzel fez de sua vida ‘um inferno’

O resumo das principais notícias desta quinta-feira, 21

Por Da Redação - 21 nov 2019, 20h55

O presidente Jair Bolsonaro participou nesta quinta-feira do lançamento de seu novo partido, o Aliança pelo Brasil. Além de criticar o PSL, Bolsonaro atacou o governador do Rio de Janeiro: “A minha vida virou um inferno depois das eleições por causa desse Wilson Witzel”, disse, afirmando que o governador do Rio usou “parte da polícia” para relacioná-lo de alguma forma ao assassinato da vereadora Marielle Franco. “Se não fosse meu filho Flávio Bolsonaro, o governador Witzel não teria chegado ao cargo”, disse – ao fundo, a plateia gritava “traidor”.

Giro Veja também destaca o julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) do recurso que irá definir se as informações sigilosas do antigo Coaf ou Receita Federal podem ser compartilhadas com o Ministério Público (MP), sem autorização judicial. O STF adiou para semana que vem o julgamento, mas, até agora, quem votou foi o relator, o ministro Dias Toffoli e Alexandre de Moraes, que divergiu de Toffoli e defendeu o compartilhamento com o MP.

 

Publicidade