Clique e assine a partir de 9,90/mês

Giro Veja: Bolsonaro anuncia nova ministra para Direitos Humanos

Advogada e pastora Damares Alves diz que prioridade será infância

Por Da Redação - 6 dez 2018, 17h48

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, indicou a advogada e pastora Damares Alves para chefiar o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. Em coletiva de imprensa, ela disse que a infância será a prioridade no governo e garantiu que nenhum homem ganhará mais do que uma mulher na mesma função. O novo Ministério também será responsável pela Fundação Nacional do Índio, a Funai.

Giro Veja também destaca o depoimento do advogado do esfaqueador de Jair Bolsonaro. Zanone Manuel de Oliveira disse à Polícia Federal que aceitou o caso porque sabia que teria grande exposição. Isso porque a polícia também investiga a defesa do autor da facada, o garçom Adélio Bispo de Oliveira. Ainda não se sabe quem é a pessoa que bancou os profissionais para defender Adélio. Segundo o advogado, um patrocinador pagou R$ 5 mil em honorários e, depois, desapareceu.

 

Publicidade