Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Ex-presidente da Petrobras é condenado a 11 anos de prisão

Segundo a denúncia, Aldemir Bendisse recebeu R$ 3 milhões da Odebrecht para beneficiar a empreiteira em contratos com a estatal

Por Da Redação - Atualizado em 7 mar 2018, 21h48 - Publicado em 7 mar 2018, 19h39

O ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil Aldemir Bendine foi condenado a 11 anos de prisão pelo juiz federal Sergio Moro, no âmbito da Operação Lava Jato. Ele está preso desde julho do ano passado e responde pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Segundo a denúncia, Bendisse recebeu 3 milhões de reais em propina da Odebrecht para beneficiar a empreiteira em contratos com a estatal.

Publicidade