Clique e assine a partir de 9,90/mês

Comitê da ONU pede que Brasil garanta direitos políticos de Lula

País não deve impedir que o ex-presidente concorra às eleições deste ano, segundo pedido

Por Da Redação - 17 ago 2018, 18h19

O Comitê de Direitos Humanos da ONU pediu nesta sexta-feira ao Brasil que garanta todos os direitos políticos do ex-presidente Lula e que não o impeça de concorrer nas eleições até que todos os recursos da condenação sejam julgados. Segundo o Comitê, isso inclui que o ex-presidente tenha acesso à imprensa e a membros do PT.

Lula foi condenado, em janeiro deste ano, a 12 anos e 1 mês de prisão no âmbito da Operação Lava Jato e está preso desde abril na sede da Polícia Federal em Curitiba, no Paraná.

O registro da candidatura do ex-presidente foi feito na quarta-feira e precisa ser avaliado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até o dia 17 de setembro.

De acordo com a Lei da Ficha Limpa, uma pessoa condenada em segunda instância está inelegível. Até agora, sete pedidos já foram feitos no TSE, com base nessa lei, para que a Corte barre a candidatura do ex-presidente Lula.

Publicidade