Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Brasil tem recorde de novos casos de coronavírus: 19.951 em 24 horas

Número de notificações de mortes no mesmo período é o segundo maior da série histórica: 888; Total é de 291.579 diagnósticos positivos e 18.859 óbitos

Por Da Redação 20 Maio 2020, 21h22

Um dia após o Brasil registrar mais de mil mortes em 24 horas pela Covid-19, o Ministério da Saúde divulgou a maior quantidade de resultados de diagnósticos entre um dia e outro desde o início da pandemia: 19.951 casos confirmados, totalizando 291.579 infectados no país. São 888 novos óbitos confirmados pela pasta entre terça e quarta. Com isso, chega a 18.859 o número de mortes pelo novo coronavírus. Ainda segundo o ministério, 3.483 óbitos suspeitos ainda estão em investigação e 156.037 casos seguem em acompanhamento. Um total de 116.683 pacientes já se recuperaram da doença.

O Ministério da Saúde também publicou um novo documento que orienta o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina em casos leves e moderados de Covid-19. A intenção é “ampliar o acesso dos pacientes a tratamento medicamentoso no âmbito do SUS”.

Até o momento, vigorava um protocolo que liberava o uso dos medicamentos somente para casos graves. A mudança mais crucial entre as duas decisões é a retirada da necessidade de que o medicamento seja usado apenas no âmbito hospitalar. Agora, pacientes com tosse, coriza, fadiga, dor de cabeça e com a incapacidade de sentir cheiros, entre outros sintomas brandos, poderão fazer o uso do remédio em suas casas, mediante prescrição médica.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a cloroquina pode causar efeitos colaterais e não tem eficácia comprovada no tratamento da Covid-19. A substância é normalmente usada contra malária e doenças autoimunes, como lúpus.

Continua após a publicidade
Publicidade