Clique e assine com 88% de desconto

Filhos que agridem os pais: como nunca chegar a esse ponto

A psicóloga Rosely Sayão explica como o comportamento agressivo dos filhos pode ser evitado

Por Da Redação - 24 ago 2018, 09h00

No ‘Família’ desta semana, Rosely Sayão responde a duas perguntas enviadas por mães de pré-adolescentes. Ambas contam que seus filhos só ficam jogando videogames e não as obedecem – em um dos casos, o garoto chega até mesmo a empurrar a mãe. Como lidar com esta situação?

A psicóloga afirma que é importante impor limites e repreender atitudes desrespeitosas desde o primeiro momento. Caso não haja reprimendas, as malcriações podem passar de um simples palavrão a agressões físicas, porque os filhos perdem o respeito moral pelos pais. “É importante dar uma basta na primeira atitude que a família considere pesada, para que isso não avance os limites e prejudique as relações”, conclui a apresentadora.

Quando o assunto é videogame, Rosely explica que é necessário fazer um acordo com os filhos, estipulando o tempo máximo que eles podem passar jogando. Se o limite for excedido, os pais devem avisar que tomarão uma atitude e colocá-la em prática, como desligar o aparelho. “Ficar só nas palavras não adianta para os adolescentes: entra por um ouvido e sai pelo outro”.

Quer mandar sua dúvida para a psicóloga Rosely Sayão? Acesse: http://abr.ai/Sayao

Publicidade