Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Como lidar com a sexualidade precoce dos filhos?

Neste ‘Família’, Rosely Sayão fala como conversar sobre sexualidade com os filhos

Por Da Redação 22 jun 2018, 14h50

A psicóloga Rosely Sayão responde a dúvida de uma mãe que tem uma filha de nove anos e que já tem uma sexualidade precoce. Ela deseja saber como pode ajudar sua filha. Segundo Rosely, a partir dos cinco anos de idade, as crianças já começam a apresentar as primeiras situações em que o contato sexual está presente. “A criança pequena explora seu corpo e procura situações de prazer corporal”, explica.

Poucos anos depois, entre seis e sete anos de idade, a energia da sexualidade sofre um ‘processo de derivação’. “Essa é a época em que a criança começa seu aprendizado, e a energia é dirigida para o aprendizado”, detalha. “Ao sair na rua, as crianças podem ver algo erótico que no olhar dos adultos não é nada de mais, mas para a criança fica”, complementa Rosely.

Rosely aconselha os pais a lembrar seus filhos que eles ainda estão na infância e aliviá-los de uma possível pressão sociocultural que os filhos sentem. “Garantir a infância dos filhos é deixar a sexualidade deles para quando crescerem”, informa Rosely.

Dúvidas sobre família, comportamento ou educação? Envie aqui. Rosely Sayão responde semanalmente. Não se esqueça de informar sua idade ou a idade de seu filho.

 

Continua após a publicidade

Publicidade