Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA é nepotismo?

Para especialistas, nomeação faz lembrar tempos de regime monárquico

Por Da Redação 19 jul 2019, 18h11

A ideia do presidente Jair Bolsonaro de indicar o filho e deputado Eduardo Bolsonaro para chefiar a embaixada do Brasil nos Estados Unidos tem sido motivo de polêmicas por aparentar nepotismo. Para o cientista político Rafael Cortez, no ponto de vista jurídico não está claro se a afirmação se confirma. Entretanto, no lado político, o especialista acredita que seja nepotismo. “No modus operandi de fazer política do presidente Jair Bolsonaro, aparece uma confusão entre o núcleo familiar e o exercício do poder político”, explica. Cortez argumenta que a impressão que passa é de que Bolsonaro quer deixar “uma marca familiar”.

Para a editora de Mundo de Veja.com, Denise Chrispim, existem muitos sinais de que essa não foi uma boa ideia, uma vez que se espera que um embaixador faça um trabalho para os interesses nacionais e não apenas para um governo. “A impressão que dá é que o governo está enviando um príncipe”, declara a jornalista. Segundo Chrispim, é importante levar em consideração o que pode acontecer com o embaixador se o presidente dos Estados Unidos Donald Trump não se eleger. “Qual vai ser o grau de interlocução dele com a oposição democrata nos Estados Unidos?” questiona. No entanto, a indicação ainda precisa ser aprovada em uma votação no Senado. O líder da oposição na casa afirmou que tem os 41 votos necessários para barrar a nomeação do “zero três”.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)