Clique e assine a partir de 9,90/mês

Eduardo Suplicy: ‘Mano Brown tem razão, nós precisamos ouvir as ruas’

Estúdio VEJA recebe o ex-senador Eduardo Suplicy (PT-SP) que não conquistou sua reeleição neste ano para debater o atual quadro político do país

Por Da Redação - Atualizado em 26 out 2018, 16h01 - Publicado em 26 out 2018, 15h54

Eduardo Suplicy (PT-SP) discute os resultados do primeiro turno e reafirma a declaração de Mano Brown sobre o PT ter se distanciado das ruas e não ser mais capaz ‘de falar a língua do povo’.

O ex-senador declarou que, caso se concretize a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno, o papel do PT será fazer uma oposição firme e garantir que as instituições democráticas continuem sendo respeitadas.

Suplicy também discute a importância da existência da Renda Básica de Cidadania, uma renda suficiente para que uma pessoa possa prover as suas necessidades vitais, como as de alimentação, saúde, educação e que será paga pelo governo. Diz que, independente do resultado das urnas, é algo que precisa ser cobrado do estado, “Jair Bolsonaro, no seu programa de governo está escrito que ele vai garantir uma renda mínima para todas as famílias do Brasil, se com isso ele quer dizer que vai instituir a renda básica de cidadania, eu acho positivo”, comenta.

Publicidade