Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Como está, Brasil não erradica trabalho infantil até 2025

Heloisa Oliveira, administradora da Fundação Abrinq, comenta as dificuldades do Brasil em atingir meta da ONU de erradicação do Trabalho infantil

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 14h16 - Publicado em 8 dez 2017, 16h20

Na semana passada, o IBGE divulgou um levantamento que mostrou que 1 milhão e 800 mil crianças e adolescentes de idades entre 5 e 17 anos estão trabalhando ilegalmente no país. A grande maioria trabalha com agricultura (47,6%) seguida pelo comércio (21,4%), serviços domésticos (6,3%).

O ‘Estúdio VEJA’ recebe a administradora da Fundação Abrinq, Heloisa Oliveira, para comentar o cenário atual do trabalho infantil e entender as políticas vigentes que buscam combatê-lo.

  • Publicidade