Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Sempre que tentamos antecipar o futuro, nós nos equivocamos’

Para Marcos de Quinto, as companhias devem seguir tendências, mas precisam estar preparadas quando elas não se tornam realidade

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 17h50 - Publicado em 23 jan 2017, 18h44

Marcos de Quinto, da Coca-Cola, durante o evento ‘A Revolução do Novo’, realizado no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo (SP), com iniciativa de VEJA e Exame.

  • Publicidade