Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Red Bull Bragantino: O clube-empresa que promete fazer barulho em 2020

O Bragantino volta à elite do futebol brasileiro com novo nome e escudo e com o plano de se tornar o quinto grande de São Paulo

Por Da Redação - 8 nov 2019, 16h54

A ideia de unir forças com a marca de energéticos, Red Bull, partiu do próprio Bragantino. Alertado durante um jantar com um amigo de que a multinacional buscava um novo clube para investir, o presidente Marquinhos Chedid decidiu ligar para Thiago Scuro, diretor-executivo do Red Bull Brasil.

O objetivo da empresa austríaca de bebidas é repetir em Bragança o sucesso que obteve em clubes de outros países. Para o próximo ano, o projeto do clube-empresa ganhará modificações significativas: a partir de 2020, o time trocará oficialmente de nome – será o Red Bull Bragantino –, terá um novo escudo e até um uniforme na cor vermelha.

Impulsionado pela nova parceira, o time conquistou o acesso na última terça-feira ao bater o Guarani por 3 a 1 e retorna à primeira divisão do Campeonato Brasileiro depois de 22 anos de ausência.

Publicidade