Preparados para a Black Friday

Conheça a operação montada para lidar com cerca de 350 mil produtos em um dos dias mais importantes para o comércio no ano

Por Da Redação - 29 nov 2019, 17h28

VEJA esteve no centro de distribuição de um dos maiores operadores de e-commerce do país para conferir os preparativos para a maior liquidação realizada na internet. A estimativa é que a Black Friday de 2019 seja a maior em faturamento: o comércio eletrônico deve movimentar R$3,07 bilhões no período, crescimento de 18% em relação ao ano passado, quando o montante foi de R$ 2,6 bilhões.

O consumidor gasta mais nessa data do que em outras: o valor médio das vendas online na Black Friday do ano passado foi de R$ 608. A estimativa para 2019 é que fique em R$ 626. As compras feitas pelo smartphone devem ter destaque na promoção deste ano. Só no 1º semestre de 2019, houve crescimento de 59% nos pedidos feitas pelo celular.

As lojas convencionais também entraram na onda: o número de pessoas que compram em ambos os ambientes, físico e virtual, chegará a 25% em 2019, segundo os dados de Google Brasil. No ano passado, apenas 7% do total de compradores compravam nos dois tipos de loja.

Publicidade