Clique e assine a partir de 9,90/mês

Os Três Poderes: As revelações de Wassef a VEJA sobre o caso Queiroz

Em entrevista exclusiva, advogado afirma que havia uma trama para matar o ex-policial e responsabilizar o presidente pelo crime

Por Da Redação - 26 jun 2020, 15h07

Desde a prisão do policial aposentado Fabrício Queiroz, no último dia 18, o advogado Frederick Wassef perdeu o sono. Dono da casa em Atibaia onde o amigo de Jair Bolsonaro e faz-tudo do senador Flávio Bolsonaro foi detido, Wassef passa as noites em claro, trocando mensagens de texto por meio de dois aparelhos celulares dos quais não desgruda por nada. Durante o dia, alterna lampejos de euforia com mergulhos em momentos de depressão, nos quais sua verborragia incontida dá lugar a rápidas pausas — dramáticas, quase cênicas — para respiração. “Entrei em modo guerra. Quando isso acontece, viro o diabo”, disse ao receber VEJA na quarta-feira 24.

Publicidade